A RETOMADA DAS VIAGENS EM TEMPOS DE PANDEMIA

Com o maior controle da covid-19, a retomada das viagens começa a ganhar maior impulso, tanto no mercado interno quanto externo, e a previsão é que ela se mantenha forte nos próximos meses. Viajar ao exterior é uma opção que ainda enfrenta restrições, mas cresce o número de países que estão abrindo suas fronteiras aos brasileiros, como os Estados Unidos. A tendência é que o número de viagens internacionais cresça, e que também se mantenha, em boa parte, a demanda no mercado interno.

 

O movimento de retomada do turismo interno não deve perder para o internacional, mesmo porque brasileiros de maior poder aquisitivo, acostumados a viajar para o exterior com frequência, acabaram adotando novos roteiros, novos hábitos de lazer e de consumo no mercado interno, investindo também em bens que lhes possibilitaram estabelecer uma relação mais personalizada com o seu lazer e mais duradoura com os lugares frequentados.

 

Setores como o náutico, o imobiliário e o de aviação executiva foram beneficiados por esse movimento no mercado interno, ampliando o volume de vendas para um público que preza qualidade, serviços únicos, diferenciados e segurança. A Prime You sentiu diretamente o reflexo do maior interesse pelas opções de lazer de alto padrão no País. A demanda pelos bens que comercializa, como aviões executivos, helicópteros, embarcações, imóveis ou carros esportivos, cresceu de forma expressiva durante a pandemia, e segue firme agora, com a flexibilização quase total das atividades.

 

O modelo de compartilhamento de bens é interessante sob diversos aspectos, tanto para as opções de lazer e viagens dentro do nosso País - para quem quer se manter conectado aos locais frequentados durante a pandemia - quanto para a agenda mais intensa de viagens ao exterior.

 

Para quem já pensa em dedicar mais tempo aos passeios internacionais, torna-se oneroso ter uma aeronave ou embarcação exclusiva, ou uma casa de praia ou de campo, seja pelo investimento necessário para a aquisição exclusiva desses bens, por apenas um proprietário, seja pela ociosidade que esses ativos terão no momento que as viagens internacionais retornarão à agenda. Assim o seu tempo será dividido entre mais opções de lazer ou ainda pelo trabalho de gerenciar os bens adquiridos de forma exclusiva.

 

Já na opção da propriedade compartilhada, quem viajar para o exterior poderá deixar por nossa conta a gestão de seu barco ou casa de praia, por exemplo, garantindo uma melhor utilização, um investimento e um custo fixo menores.

 

É por benefícios como esses que o modelo de negócios da Prime You vem atraindo cada vez mais pessoas físicas e empresas interessadas em adquirir bens no sistema de propriedade compartilhada e que lhes permitem usufruir de momentos de lazer ao lado da família ou ter alternativas mais eficientes e seguras de locomoção, além da possibilidade de diversificar os recursos e ter mais por menos.

 

No modelo de negócios da Prime You, com o mesmo valor investido em um único bem na propriedade exclusiva, o cliente pode diversificar o investimento e ter um jato, um helicóptero, uma embarcação e uma casa pelo preço de um único ativo. Por exemplo, ao invés de investir R$ 24 milhões em uma casa com barco no modelo de propriedade exclusiva, com o mesmo valor é possível adquirir uma cota de uma casa com barco, no valor de R$ 6 milhões, no Guarujá; uma cota de uma casa mais barco em Angra dos Reis, no valor de R$ 8 milhões; uma casa de campo no valor de R$ 4 milhões, uma cota de helicóptero, no valor de R$ 2 milhões, para se deslocar a lazer ou negócios, e ainda usar o restante do dinheiro, R$ 4 milhões, para participações nos outros setores da empresa ou reinvestir em seu próprio negócio.

 

Na Prime You, o cliente tem, em apenas um local, serviços exclusivos e de alta qualidade, que irão garantir tranquilidade onde quer que esteja, e um investimento racional, tornando suas opções de lazer e viagens, ou de negócios, ainda mais gratificantes. Esse é o Jeito Inteligente de Ter!